Reflexões sobre o Plano Diretor Estratégico (PDE)

A cidade de São Paulo e seu processo participativo

Autores

  • Valter Caldana Universidade Presbiteriana Mackenzie
  • Elias de Souza Universidade Presbiteriana Mackenzie https://orcid.org/0000-0002-0787-1939
  • Maíra Vucovix Firmino Universidade Presbiteriana Mackenzie
  • André França Universidade Presbiteriana Mackenzie https://orcid.org/0000-0003-2641-3746
  • Maurício Del Nero Oliveira Universidade Presbiteriana Mackenzie
  • Beatriz Borst Universidade Presbiteriana Mackenzie

DOI:

https://doi.org/10.61681/revistasimetria.v1i11.163

Palavras-chave:

Plano Diretor Estratégico, Política Pública, Processo Participativo, Planejamento Integrado

Resumo

Este artigo reflete sobre o Plano Diretor Estratégico (PDE) da cidade de São Paulo, bem como o desafio de sua revisão. O Plano representa uma tentativa de mudar a forma como a cidade é construída e desenvolvida, ao passo que enfrenta desafios significativos, como a resistência dos setores imobiliários e a falta de recursos e capacidade institucional para implementação de políticas públicas. O texto enfatiza a importância de uma abordagem participativa e integrada para a gestão urbana, em que diferentes atores trabalham juntos para equilibrar interesses diversos e garantir a sustentabilidade e efetividade das políticas públicas. O texto também destaca o potencial de instrumentos inovadores, como ferramentas autoaplicáveis e baseadas em projetos, e uma metodologia para o planejamento da cidade inteira. Por fim, o texto ressalta a importância da avaliação contínua e do monitoramento das políticas públicas para o desenvolvimento sustentável da cidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Valter Caldana, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Doutor em Projeto de Arquitetura pela FAU/Universidade de São Paulo, Mestre em Planejamento Urbano e Regional pela mesma Faculdade (FAUUSP), Professor Titular de Projeto da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Fundador e Coordenador do Grupo de Pesquisa Laboratório de Projetos e Políticas Públicas (LPP)

Elias de Souza, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Doutorando em Arquitetura e Urbanismo pela FAU/Universidade Presbiteriana Mackenzie, Mestre em Políticas Públicas pela Fundação Getúlio Vargas (EAESP), Pesquisador e membro do Laboratório de Projetos e Políticas Públicas (LPP), bolsista CAPES PROEX.

Maíra Vucovix Firmino, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Doutoranda em Arquitetura e Urbanismo pela FAU/Universidade Presbiteriana Mackenzie, Mestra em Arquitetura, Tecnologia e Cidade pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Pesquisadora membro do Laboratório de Projetos e Políticas Públicas (LPP), bolsista CAPES PROEX.

André França, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Mestrando em Arquitetura e Urbanismo pela FAU/Universidade Presbiteriana Mackenzie, Arquiteto Urbanista graduado pela FAU/Universidade Presbiteriana Mackenzie; Jornalista graduado pela UNIP-Universidade Paulista, Pesquisador membro do Laboratório de Projetos e Políticas Públicas (LPP), bolsista CAPES PROEX

Maurício Del Nero Oliveira, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Mestrando em Arquitetura e Urbanismo pela FAU/Universidade Presbiteriana Mackenzie, Pesquisador membro do Laboratório de Projetos e Políticas Públicas (LPP), bolsista CAPES PROEX.

Beatriz Borst, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Mestranda em Arquitetura e Urbanismo pela FAU/Universidade Presbiteriana Mackenzie, Pesquisadora membro do Laboratório de Projetos e Políticas Públicas (LPP), bolsista CAPES PROEX

Referências

ARANTES, Otília Beatriz Fiori. Uma estratégia fatal - A cultura nas novas gestões urbanas. In: MARICATO, Ermínia; VAINER, Carlos; ARANTES, Otília (org.). A cidade do pensamento único: desmanchando consensos. Petrópolis, RJ: Vozes, 2002. p. 11–74.

CHOAY, Françoise. O urbanismo : utopias e realidades, uma antologia. Tradução: Dafne Nascimento Rodrigues. 7. ed. São Paulo, SP: Perspectiva, 2018. (Estudos 67, dirigida por J. Guinsburg).

FRÚGOLI JÚNIOR, Heitor. Centralidade em São Paulo: trajetórias, conflitos e negociações na metrópole. São Paulo, SP: Cortez; Editora da Universidade de São Paulo, 2000.

LAMAS, José M. Garcia. Morfologia e desenho urbano. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian e Fundação para Ciência e Tecnologia, 2000.

PESSOA, Jorge. Entrevista com Benjamin Adiron Ribeiro. Vitruvius, São Paulo, SP, v. 16, n. 062.02, 2015. Disponível em: https://vitruvius.com.br/revistas/read/entrevista/16.062/5523. Acesso em: 29 abr. 2023.

PREFEITURA DE SÃO PAULO. Lei 16.050 de 31 de julho de 2014. Aprova a Política de Desenvolvimento Urbano e o Plano Diretor Estratégico do Município de São Paulo e revoga a Lei 13.430/2002. São Paulo, 2014. Disponível em: http://legislacao.prefeitura.sp.gov.br/leis/lei-16050-de-31-de-julho-de-2014. Acesso em: 30 abr. 2023.

SÃO PAULO, Governo do Estado de. Visões da Metrópole. Depoimentos sobre transporte e urbanismo para o PITU RMSP 2025. São Paulo: Imprensa Oficial, 2006.

SECCHI, Bernardo. Primeira lição de urbanismo. São Paulo, SP: Perspectiva, 2016. (Debates).

SOMEKH, Nadia; CAMPOS, Cândido Malta. Do PD-85 ao PD-88: Inovação, Democracia e Crise. In: SOMEKH, N.; CAMPOS, Cândido Malta (org.). A cidade que não pode parar: planos urbanísticos de São Paulo no Século XX. São Paulo, SP: MackPesquisa, 2002.

TOLEDO, Benedito Lima de. São Paulo: três cidades em um século. 2. ed. São Paulo, SP: Duas Cidades, 1983.

Downloads

Publicado

25/07/2023

Como Citar

Caldana, V., de Souza, E., Vucovix Firmino, M., França, A., Del Nero Oliveira, M., & Borst, B. (2023). Reflexões sobre o Plano Diretor Estratégico (PDE): A cidade de São Paulo e seu processo participativo. Revista Simetria Da Escola Superior De Gestão E Contas Do TCMSP, 1(11), 82–98. https://doi.org/10.61681/revistasimetria.v1i11.163

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.