Portal SME

Uma abordagem a partir da consulta pública do Programa Mais Educação São Paulo

Autores

  • Magali Seravalli Romboli Jornalista
  • Samira Saleh Professora de Educação Infantil I e Ensino Fundamental II

DOI:

https://doi.org/10.61681/revistasimetria.v1i6.33

Palavras-chave:

Programa Mais Educação São Paulo, Secretaria Municipal de Educação de São Paulo, Portal SME, Gestão da Comunicação, Rede de Ensino Municipal de São Paulo

Resumo

O presente artigo tem como objetivo analisar a formação da agenda governamental que favoreceu a reestruturação do Portal da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo, a partir do debate público proposto à sociedade pelo Programa de Reorganização Curricular e Administrativo, Ampliação e Fortalecimento da Rede Municipal de Educação de São Paulo – Programa Mais Educação São Paulo – durante a gestão do prefeito Fernando Haddad (2013/2016). Partiu-se da hipótese de que a gestão compartilhada da informação desenvolvida durante o debate e consulta pública do Programa Mais Educação São Paulo favorece a criação coletiva de uma multiplataforma de comunicação e informação digital, e que do ponto de vista teórico está em consonância com os conceitos propostos pelos múltiplos fluxos, vistos em Kingdon (2003). Ao final de nossa investigação qualitativa, ficou evidente a contribuição da comunidade escolar e da sociedade para legitimar o novo portal para a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Diário Oficial da União: Brasília, DF, 05 out. 1988.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Censo da educação básica: 2012: resumo técnico. Brasília: Inep, 2013.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Diretoria de Estatísticas Educacionais. Importação de dados para o Educacenso – 2012. Disponível em: http://download.inep.gov.br/educacao_basica/educacenso/migracao/2012/instrucoes_importacao.pdf.Acesso em: 22 out. 2020.

CAPELLA, A. C. N. Formação de agenda governamental: perspectivas teóricas. In: ENCONTROANUAL DA ANPOCS, 29, 2005, Caxambu. Anais […]. Caxambu: ANPOCS, 2005. Disponível em:http://portal.anpocs.org/portal/index.php?option=com_docman&task=doc_view&gid=3789&Itemid=318. Acesso em: 22 out. 2020.

FORMAÇÃO da Agenda: modelo de múltiplos fluxos. Escola Superior de Gestão e Contas Públicas. 20 mai. 2019. Disponível em: https://escoladecontas.tcm.sp.gov.br/artigos/1877-formacao-da-agenda-modelo-de-multiplos-fluxos. Acesso em: 22 out. 2020.

FREIRE, P. Extensão ou comunicação?. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977.

HABERMAS, J. Direito e democracia: entre facticidade e validade II. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2011.

KINGDON, J. W. Agendas, alternatives, and public policies. 3rd ed. New York: Harper Collins,2003.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. A. Fundamentos de metodologia científica. São Paulo: Atlas,2003.

SÃO PAULO (Município). Lei Orgânica do Município de São Paulo (com suas alterações), de4 de abril de 1990. Disponível em: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/upload/educacao/cme/LOM.pdf. Acesso em: 22 out. 2020.

SÃO PAULO (Município). Decreto 54.452/2013, 10 de outubro de 2013. Institui, na SecretariaMunicipal de Educação, o Programa de Reorganização Curricular e Administrativa, Ampliação eFortalecimento da Rede Municipal de Ensino – Mais Educação São Paulo. Disponível em: http://portal.sme.prefeitura.sp.gov.br/Portals/1/Files/7077.pdf. Acesso em: 22 out. 2020.

SÃO PAULO (Município). Secretaria Municipal de Educação. Programa Mais Educação. SãoPaulo, 2020. Disponível em: http://portal.sme.prefeitura.sp.gov.br/programa-mais-educacao-sao--paulo-1/. Acesso em: 22 out. 2020.

SÃO PAULO (Município). Secretaria Municipal de Educação. Diretoria de Orientação Técnica.

Programa Mais Educação São Paulo: subsídios para a implantação. São Paulo: SME/DOT, 2014.

UHLIR, Paul F. Diretrizes políticas para o desenvolvimento e a promoção da informação governamental de domínio público. Brasília: UNESCO, 2006.

Downloads

Publicado

15/12/2020

Como Citar

Romboli, M. S. ., & Saleh, S. (2020). Portal SME: Uma abordagem a partir da consulta pública do Programa Mais Educação São Paulo. Revista Simetria Da Escola Superior De Gestão E Contas Do TCMSP, 1(6), 128–138. https://doi.org/10.61681/revistasimetria.v1i6.33

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.