ETEC CEPAM

Modelo de ensino técnico nas áreas governamental e social no Brasil

Autores

  • André Galindo da Costa Bacharel em Administração Pública pela Universidade Estadual Paulista e Licenciado em Administração pela Faculdade de Tecnologia de São Paulo. Mestre em Ciências pela Universidade de São Paulo. Assessor de Gabinete da Escola Superior de Gestão e Contas Públicas do Tribunal de Contas do Município de São Paulo
  • Daniel Tonelo Bacharel em Administração Pública pela Universidade Estadual Paulista e Licenciado em Administração pela Faculdade de Tecnologia de São Paulo. Mestrando em Políticas Públicas pela Universidade Federal do ABC. Professor e coordenador pedagógico da ETEC Cepam

DOI:

https://doi.org/10.61681/revistasimetria.v1i1.89

Palavras-chave:

Ensino técnico, Campo de Públicas, ETEC Cepam, Políticas Públicas, Diretrizes curriculares

Resumo

O trabalho em questão apresenta uma descrição da Escola Técnica Estadual (ETEC) Centro de Estudos e Pesquisas de Administração Municipal (Cepam), escola técnica pública responsável por oferecer cursos voltados para as áreas sociais e públicas. Mostra como o ensino na área pública no Brasil evoluiu ao longo da história até que se chegasse ao que ficou conhecido como Campo de Públicas. A ETEC Cepam faz parte do Campo de Públicas assim como é pioneira no ensino técnico na área da Gestão Pública no Brasil. Essa escola tem se caracterizado por diretrizes pedagógicas bem particulares que priorizam a análise crítica da realidade e atividades práticas. A ETEC Cepam constitui-se enquanto uma parceria entre o Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza e o Cepam, respectivamente autarquia e fundação do governo do estado de São Paulo, e oferece os cursos técnicos em Gestão de Políticas Públicas, Legislativo e Orientação Comunitária. Esse estudo busca lançar a luz do conhecimento proposições que servirão para investigações futuras, constituindo-se assim enquanto pesquisa exploratória. O mesmo raciocínio aplica-se para as situações gerenciamento de projetos e atividades da área pública onde se destacam a estrita observação e cumprimento da legalidade sob o aspecto formal operacional, mas sem apuração do grau eficiência, eficácia e efetividade das ações gerenciais, portanto sem apurar o grau de atendimento das necessidades da sociedade, também prescritos pela lei. Quando não atingida a meta, conforme demonstram as análises de resultados com base no custo de oportunidade, o prejuízo social é elevado resultando em ineficácia do processo de gestão dos recursos e em estagnação do progresso econômico e social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos. Reforma doEstado nos anos 1990, lógica e mecanismos decontrole. Lua Nova, n. 45, p. 49-95, jul. 1998.

CEETEPS. Perfil e Histórico. Disponível em:<http://www.centropaulasouza.sp.gov.br/quem-somos/ perfil-historico/>. Acesso em: 20 set. 2014.

CENTRO PAULA SOUZA. Plano de Cursode Técnico em Gestão de Políticas Públicas. Disponível em: <http://www.gestaopublica.etc.br/cursos> Acesso em: 20 set. 2014.Publicação 2012a.

CENTRO PAULA SOUZA. Plano de Curso de Técnico Legislativo. Disponível em:<http://www.gestaopublica.etc.br/cursos>.

Acesso em: 20 set. 2014. Publicação: 2012b.

CENTRO PAULA SOUZA. Plano de Cursode Técnico em Orientação Comunitária.

Disponível em: <http://www.gestaopublica.

etc.br/cursos>. Acesso em: 20 set. 2014. Publicação: 2014a.

CENTRO PAULA SOUZA. Plano Plurianualde Gestão 2014 – 2018 ETEC Cepam. Disponível em: <http://www.gestaopublica.etc.br/plano> Acesso em: 20 de set. 2014. Publicação:2014b.

CEPAM. Institucional. Disponível em:<http://www.cepam.org/institucional/quemsomos.aspx> Acesso em: 20 set. 2014.

COELHO, Fernando de Souza ; NICOLINI, Alexandre Mendes. Como tudo começou?Apontamentos Históricos sobre a Implantaçãodo Ensino de Graduação em Administração Pública no Brasil (1952-1965). Temas de Administração Pública (UNESP. Araraquara), v. 2,p. 1-15, 2011.

FREYRE, Gilberto. Casa Grande & Senzala.

41 ed. Rio de Janeiro, Record, 2000.

GESTAO PÚBLICA. ETEC Cepam. Disponível em: <http://www.gestaopublica.etc.br/>.Acesso em: 20 de set. 2014.

HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes doBrasil. 8 ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1969.

JACOMETTI, Márcio. Reflexões sobre o contexto institucional brasileiro contemporâneo e astransformações na educação profissional. Educar.

Curitiba, ed. UFPR, nº 32, p. 233-250, 2008.

KOSHIBA, Luiz; PEREIRA, Denise ManzyFrayze. História do Brasil. 8 ed. São Paulo,Atual, 2003.

MARTINS, Ângela Maria. Diretrizes curriculares nacionais para o ensino médio: Avaliaçãode documento. Cadernos de Pesquisa. nº 109,p. 67 – 8, mar. 2000.

NUNES, Edson. A gramática política no Brasil: clientelismo e insulamento burocrático.

3 ed. Rio de Janeiro, Jorge Zahar, 2003.

PIERO, Alexandre, RIBEIRO, Erika Caracho. Aárea de Públicas no nível médio técnico: a experiência da ETEC CEPAM. Temas de Administração Pública. v. 3, n. 6, ed. especial, 2012.

PIRES, Valdemir. SUYLAN, Midlej. FONSECA, Sérgio de Azevedo. VENDRAMINI,Patrícia. COELHO, Fernando Souza. Campode Públicas no Brasil: Definição, movimentoconstitutivo e desafios atuais. AdministraçãoPública e Gestão Social. 6(3), jul/set 2014.

RABELO, Fernanda Lima. O DASP e o combate à ineficiência nos serviços públicos: a atuaçãode uma elite técnica na formação do funcionalismo público no Estado Novo (1937-1945) Revista Brasileira de História & Ciências Sociais. vol. 3, n. 6, dez. 2011.

SAVIANI, Demerval. O legado educacional doregime militar. Caderno Cedes. Campinas, v.

28, nº 76, p. 291-312, set. /dez. 2008.

UNESCO. Relatório da reunião educaçãopara o século XXI. Paris, UNESCO, 1994.

UOL EDUCAÇÃO. Menos de 1% das escolas brasileiras têm infraestrutura ideal.

Disponível em: http://educacao.uol.com.br/noticias/2013/06/04/menos-de-1-das-escolas-brasileiras-tem-infraestrutura-ideal.htmAcesso em: 20 set. 2014. Data de publicação:jun. 2013.

Downloads

Publicado

01/04/2016

Como Citar

Costa, A. G. da ., & Tonelo, D. . (2016). ETEC CEPAM: Modelo de ensino técnico nas áreas governamental e social no Brasil . Revista Simetria Da Escola Superior De Gestão E Contas Do TCMSP, 1(1), 32–40. https://doi.org/10.61681/revistasimetria.v1i1.89

Edição

Seção

Políticas Públicas

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.